top of page
  • Foto do escritorMariele Hertha

Transtorno Afetivo Bipolar (TAB): Desafios no Diagnóstico e a Importância do Tratamento Correto

Atualizado: 21 de fev.

Homem sereno e seu reflexo gritando

O Transtorno Afetivo Bipolar (TAB) é uma condição psiquiátrica complexa que pode ser difícil de diagnosticar.


Na prática clínica, o TAB pode ser confundido com transtornos da personalidade, uso de substâncias, espectro da esquizofrenia, bem como transtornos depressivos e de ansiedade.


Existem certos aspectos que, especialmente quando combinados, podem ser preditivos de TAB.



Alguns deles incluem:


  1. Idade de início precoce;

  2. Depressão psicótica antes dos 25 anos;

  3. Depressão pós-parto, especialmente com aspectos psicóticos;

  4. Início e término rápido de episódios depressivos de curta duração (menor que 3 meses);

  5. Depressão recorrente;

  6. História familiar;

  7. Estado depressivo misto.


No entanto, nenhuma dessas características, por si só, confirma um diagnóstico de TAB. É um desafio para o profissional diagnosticar corretamente.


Um diagnóstico equivocado pode levar a um tratamento inadequado por anos. Por isso é crucial buscar um profissional competente.


Se você ou alguém que você conhece está sofrendo de sintomas que podem ser de TAB, é importante procurar ajuda de um profissional de saúde mental.



© 2024 HERTHA Psiquiatria. Todos os direitos reservados. O material do blog pode ser reproduzido livremente, desde que citada a fonte.

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Bình luận


bottom of page